dimanche 26 février 2012

Ele: Quase dois anos..
Ela: Como vamos festejar este mês?
Ele: Com amor.
Ela: Mas em que dia? Não existe o dia 30...
Ele: Todos os dias.
Ela: Mesmo?
Ele: Bora?
Ela: Sempre.

45 commentaires:

  1. que lindo :')
    em Maio eu festejava 4 anos ...

    RépondreSupprimer
  2. que lindo. veio-me logo a tal pessoa à cabeça. :(

    RépondreSupprimer
  3. Essa conversa foi mesmo bonita!

    RépondreSupprimer
  4. oh, não tens de quê. Também a acho adorável!

    RépondreSupprimer
  5. obrigado fofinha <3

    RépondreSupprimer
  6. oh, deixa isso para lá. a partir de hoje, não tens :b

    RépondreSupprimer
  7. Oh muito obrigada, tu também o és, querida :)

    RépondreSupprimer
  8. sim, acho que já me habituei a estar sem ele. custou, mas também acabámos de uma boa forma, o que também ajudou bastante!

    RépondreSupprimer
  9. obrigada mais uma vez! <3

    RépondreSupprimer
  10. Oh que lindo, o importante não é o dia mas sim a pessoa que está ao nosso lado todos os dias :)

    RépondreSupprimer
  11. vocês são lindos :) <3

    RépondreSupprimer
  12. porque não? és linda, e muito :)

    RépondreSupprimer
  13. muito obrigada querida, adoro a musica (:

    RépondreSupprimer
  14. também começamos dia 30! *-* felicidades querida.

    RépondreSupprimer
  15. ooh muito obrigada!! :)

    RépondreSupprimer
  16. oin, pareçe que começa tudo ao dia 30 :b

    RépondreSupprimer
  17. oh, querida és tu *.*

    RépondreSupprimer
  18. Ainda bem que concordas (;
    Ahaha realmente festejar no dia 30 é dificil este mes

    RépondreSupprimer
  19. Mais ou menos amor, tive uns problemas com o meu namorado por causa de outras pessoas e enfim

    RépondreSupprimer
  20. Obrigada <3
    Gosto do blog assim!

    RépondreSupprimer
  21. é mesmo linda *.*
    gostas mesmo ? :)
    obrigada!
    Gosto do blog ***

    RépondreSupprimer
  22. Biologia é sempre bom :P

    Eu gosto!

    RépondreSupprimer
not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow