jeudi 15 novembre 2012


"Olha lá, já se passaram alguns anos. Nem sequer vinhas nos meus planos. Saiste-me a sorte grande. E eu cá vou, gozando os louros deste achado, contigo de braço dado para todo o lado. Eu vou até morrer ser teu se me quiseres. Agarrado a ti vou sem hesitar e se o chão desabar que nos leve aos dois, vou agarrado a ti. Meu amor na roda da lotaria que é coisa escorregadia, saiste-me a sorte grande. E eu cá vou à minha sorte abandonado, contigo de braço dado para todo o lado. Eu vou até morrer ser teu se me quiseres. Olha lá, por mais que passem os anos, por menos que eu faça planos, sais me sempre a sorte grande. Agarrado a ti vou sem hesitar, e se o chão desabar que nos leve aos dois, vou agarrado a ti. Vou sem hesitar, e se o chão desabar que nos leve aos dois, vou agarrado a ti.
Vou agarrado a ti
Vou agarrado a ti"


not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow