vendredi 5 octobre 2012

Inspiração... é algo pelo que chamo todos os dias e teima em não vir. Palavras, são iguais. Teimosas. Mais teimosas que eu. Logo, conseguem ultrapassar a barreira do infinito. Conseguem ausentar-se por uns bons dias ou até meses. Mas a verdade é que acabam sempre por voltar. Como tudo o que é verdadeiro volta. Eu acredito nisso. E também contemplo as estrelas todas as noites e deparo-me com o amor e o calor que nunca dá descanso. Com a união e a chama da paixão que nunca se desentrelaçam. As estrelas brilham, todas as noites para as nossas almas. A lua está todas as noites sob a nossa cabeça. O arco-íris mantêm o seu aspecto inexplicável.  Sempre que as nuvens permitem o sol ilumina as nossas manhãs e os nossos lençóis. Quando o nevoeiro para, as asas das almas dançantes saem à rua na mesma. E voam. Voam sem destino. 

24 commentaires:

  1. obrigada sophie. sempre gostei imenso da tua escrita:')

    RépondreSupprimer
  2. não te sintas assim, cansada da escrita porque a inspiração teima em aparecer. eu também sofro desse mal, mas um esforço, uma brisa, um toque ajudam sempre.. e nós somos o teu toque!

    RépondreSupprimer
  3. Inspiração por vezes não aparece e temos que ir busca-la aos sitios mais escuros da nossa mente. Força. Beijinhos :) *

    RépondreSupprimer
  4. Também ando a precisar de inspiração querida...

    RépondreSupprimer
  5. como compreendo isto. também chamo muitas vezes pela inspiração e ela teima em não vir!

    RépondreSupprimer
  6. gostei tanto, tanto :')

    RépondreSupprimer
  7. Escreves mesmo muito bem! Sigo :)

    RépondreSupprimer
  8. Quem agradece sou eu princesinha..♥

    RépondreSupprimer
  9. Boa escrita? Parece mais um pedaço de bosta

    RépondreSupprimer
    Réponses
    1. Era para tentar imitar a tua cara

      Supprimer
  10. Parece mais uma imitação da tua cabeça ;)

    RépondreSupprimer
    Réponses
    1. Sim, sempre podes vir falar da minha quando souberes que numa calculadora gráfica existe raiz cúbica :D

      Supprimer
  11. há tanto tempo que não vinha aqui. e adorei voltar a ler-te:)

    RépondreSupprimer
  12. Anonyme8/10/12

    devias saber q ñ sabes mesmo escrever. inventas palavras q ñ encaixam com as frases. apanha juízo miuda e sai daqui.

    RépondreSupprimer
    Réponses
    1. Realmente conseguem ter mesmo falta de originalidade para vir escrever assim só para disfarçar. Opinião de quem só tem merda na cabeça, não me interessa para nada. Volto a repetir que já tendes mais que idade é para ter juizo. Enfim, pitas everywhere

      Supprimer
    2. Eu não invento palavras, não tenho culpa é que o vosso vocabulário seja muito reduzido.

      Supprimer
  13. muito obrigada, querida.
    gostei muito :)

    RépondreSupprimer
  14. e eu tuas, oh! como entendo este texto...
    estás bem princesa? <3

    RépondreSupprimer
  15. e que venha rápido!!

    RépondreSupprimer
  16. Muito obrigada amor <3

    RépondreSupprimer
not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow