samedi 22 septembre 2012

Basta um toque. Um dedo. Um beijo. Para que me arrepies. Para que me arrepies dos pés à raíz do cabelo e vice versa. Sentados. A observar o rio. A provocar arrepios. A fazer reviver o amor. A fazer com que as coisas más se espantem e as coisas boas se atraiam. A fazer com que a chama seja mais forte. A amar. A desejar. A arrepiar. Agora vou à janela, pedir que para esta noite, te traga até mim. Até ao meu intimo. 

27 commentaires:

  1. como sempre, querida <3

    RépondreSupprimer
  2. ahahahah, ela a contar-nos isso e nós com cara de atrasados, do tipo «o que é que interessa ter chorado e rasgado papéis» ahahah. que peçaaaaaa o.o

    RépondreSupprimer
  3. LINDO. Fez-me pensar nele ** :)

    RépondreSupprimer
    Réponses
    1. Obrigada querida!:) Espero que isso tenha sido bom

      Supprimer
  4. Infelizmente também duvido, mas sonhar é bom!

    RépondreSupprimer
  5. tu escreves tãããão bem. nunca penses em deixar o blog !

    RépondreSupprimer
  6. Adoro a maneira simples e directa como escreves! Inspiras-me, sempre que me falta inspiração venho ao teu blog<3

    RépondreSupprimer
  7. Sou apenas muito sincera querida, sinto que mereces! <3

    RépondreSupprimer
  8. o texto está muito fofo. espero que tudo corra bem entre vocês (:

    RépondreSupprimer
  9. juro que não tens que agradecer! :)

    RépondreSupprimer
  10. obrigada e de nada (:

    RépondreSupprimer
  11. Onde andas tu Sophie, que há 5 dias que andas desaparecida?!
    Um beijinho

    RépondreSupprimer
  12. muito obrigada sofia :33

    RépondreSupprimer
  13. tu e ele tem de ser um sempre, porque se não for não sei como essa doçura flui :))

    RépondreSupprimer
  14. Como tens estado querida? :))

    RépondreSupprimer
not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow