lundi 13 février 2012

Oh sabem o que eu gostava? Gostava de saber e sentir todos os dias que eu não tenho apenas amigos, mas sim amigos verdadeiros. Só pedia um, um amigo verdadeiro bastava-me, mas hoje já nem isso é possível. Não tenho um amigo que preferisse morrer por mim, não tenho um amigo que se viesse um grupo de pretos bater-me, se pusesse à minha frente para eles não me tocarem, não tenho um amigo que se fosse a ser atropelada se meteria a frente para me salvar a vida. Não tenho e hoje em dia acho muito raro alguém conseguir voltar a ter. Tenho uma amiga, uma melhor amiga dos simples amigos que tenho, uma melhor amiga que me pode dar a mão, mas se não faz coisas simples por mim, como iria fazer coisas complexas? E oh, gostava de sentir que tenho alguém que faria tudo por mim. Já tive, já tive um amor que o faria, agora também já não sei mais, e isto? Isto é frustrante. Foi só um desabafo.
not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow