dimanche 29 janvier 2012

The love never die

"Se alguém se virasse para ti e te perguntasse o que vês em mim que dirias? "Ah e tal, ele é lindo e tem óptima personalidade" E se eu te perguntasse o que vês em mim? Aliás, O QUE VÊS EM MIM?! Que tenho eu de tão especial? É por ter gomas? É por ter uma nota de 20€? É por pena? Diz-me, não sei que sou de especial. O meu talento é dar peidos com a mãe e imitar golfinhos com a boca (e mal), não cheiro mal muito mal dos sovacos e estou especialmente apaixonado por ti. E eu? Que vejo em ti? Não consigo dizer que te acho linda e simpática, porque estaria a mentir. Sinceramente não sei em concreto o que vejo em ti. Sei que quando estou contigo sinto raiva por não poder ser o único a olhar para ti, sinto tristeza por não ser o único para quem olhas, sinto medo de te perder... É mau, mas também sinto que o vazio que tenho dentro de mim é preenchido, sinto borboletas no peito, conforto, calor, desejos, paixão... Mas isto não te chega, tinhas ainda que todos os dias me mostrar esse sorriso, esse sorriso que quando olhas para mim, fico parvo. Ao escrever esta parte sorri, porque me lembrei do teu sorriso. Desculpa, vou admitir, às vezes nem ouço o que tás a dizer, apenas me concentro no teu sorriso, desculpa-me, mas é o sorriso pelo qual me apaixono todos os dias por ti. Esse sorriso é um abraço para o meu coração, um conforto, aposto o que quiseres que quando estás a falar e eu estou com um brilho especial nos olhos, não te estou a ouvir e já disse porquê. Não sei porquê, não sei desde quando e não sei até quando, mas esse sorriso encanta-me, é magia, nem o cupido poderia fazer frente a esse sorriso, o cupido apaixonar-se-ia por ti. Acredita quando digo que não está nos meus planos deixar-te, perder-te, trair-te ou deixar-te carente. Simplesmente o contrário. E mesmo que me deixes, ou me traias (lágrimas nos olhos), nunca, mas nunca deixes de sorrir, não interessa a razão que mostra que deve acontecer o contrário, peço-te por mim, por nós e porque sou o chefe! Nunca deixes de sorrir, porque sei que se sorrisses para todos como sorris para mim, todos te veriam da mesma forma que eu e se não deixares de sorrir, terás muito sucesso, principalmente com os corações. Podia dizer que és linda que dói, porque és, não apenas linda. Podia dizer que tens um corpo deslumbrante, que tens. Podia dizer que és simpática, mas és a minha arrogantezinha. Podia dizer que tens bom coração, mas nunca o provei (nem quero provar, senão é mau sinal). Podia dizer tanto, porque tu dás muito que dizer e mesmo tendo feito este textinho (grandão), gosto sempre de resumir no fim, como os poetas muitos fixes da história com apenas uma frase, mas como eu sou mais fixe resumo com duas:
Eu amo-te. Nunca me deixes s1"
Autoria Filipe Moreira

48 commentaires:

  1. ora, o mérito é todo teu :)

    RépondreSupprimer
  2. a imagem no teu perfil és tu?

    RépondreSupprimer
  3. para além de escreveres bem, teres o mesmo nome que eu, ainda és muito bonita :b

    RépondreSupprimer
  4. Um agradecimento nunca é demais princesa <3

    RépondreSupprimer
  5. está completamente lindo!

    RépondreSupprimer
  6. Obrigada fofinha, mas acho que já tinha feito o desafio :o

    RépondreSupprimer
  7. está lindo!!!!!!!!!!!! meu deus

    RépondreSupprimer
  8. oh , obrigada! tambem gostei muito do teu :):)

    RépondreSupprimer
  9. oh, que texto tão amoroso! e engraçado também ahah

    RépondreSupprimer
  10. está perfeito este texto. só uma coisa , lá em cima é com a mão* que querias dizer certo?

    RépondreSupprimer
  11. De nada Sofia linda ^^

    RépondreSupprimer
  12. Infelizmente há querida. O que me chateia mais é eu tê-la ajudado e ela fez isto... mas pronto

    RépondreSupprimer
  13. "O meu talento é dar peidos com a mãe e imitar golfinhos com a boca"

    RépondreSupprimer
  14. Pois, infelizmente não têm -.-

    RépondreSupprimer
  15. Anonyme29/1/12

    que perfeito!

    RépondreSupprimer
  16. Anonyme29/1/12

    ps.: pena nao ser o meu namorado :s

    RépondreSupprimer
  17. Oiin *-* vocês são uns fofos Sofia . Desde que conheço o teu blog que "sei" o que sentem um pelo outro e não seria exagero nenhum se dissesse que vão ficar juntos para sempre.
    Desejo-vos as maiores felicidades do Mundo .
    Beijinhos
    És linda <3

    RépondreSupprimer
  18. sim, espero que não tenhas levado a mal. só fiz o que gosto que façam comigo também.

    RépondreSupprimer
  19. Pois Anónimo, mas não é teu, e é meu. E mesmo que fosse o teu, não valia de nada leres estas palavras se não são sentidas, tudo o que está aqui escrito veio do coração dele, da alma dele! e se o teu namorado (se o tens, nem percebi bem) o sentisse, conseguiria expressa-lo, se não da mesma forma, de uma forma parecida. e sim, está perfeito, obrigada.

    RépondreSupprimer
  20. Não tens de agradecer querida .Também sempre foste um amor comigo. Já te considero uma amiga , tudo bem que não falamos assim tanto , mas sei que nos momentos mais fracos uma da outra vão existir sempre comentário a dar força uma à outra .
    Obrigada <3
    E desculpa só termos começado a "falar " à pouco tempo
    Gosto imenso de falar contigo <3

    RépondreSupprimer
  21. obg fofinha, que texto lindo! fogo

    RépondreSupprimer
  22. fico apaixonada por isto. que amores :')

    RépondreSupprimer
  23. nada comparado com o que tu escreves !

    RépondreSupprimer
  24. oh amor, é que nem se compara com a perfeição do teu blog !

    RépondreSupprimer
  25. Ohh, está fucking perfect, as maiores felicidades do mundo para vocês :)

    RépondreSupprimer
  26. vês? é por isto que digo que vocês merecem ficar eternamente juntos <3

    RépondreSupprimer
  27. Adorei a tua mensagem mais recente, <3

    RépondreSupprimer
  28. a sério, repara bem no que escreves e só depois repara no meu. é notável a diferença. não estou a exagerar, é apenas a minha opinião !

    RépondreSupprimer
  29. De nada querida, <3

    RépondreSupprimer
  30. não tens de quê coração <3

    RépondreSupprimer
  31. que lindo *-*
    muito obrigada minha linda. adoro todos os teus posts, sabias? ;)

    RépondreSupprimer

not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow