jeudi 5 janvier 2012

The love never die



Ele: Ao teu lado tudo desvanece. Os ruídos transformam-se em música. Tento sincronizar os nossos passos. Para nos sentirmos mais unidos.
Ela: O meu coração bate tão forte, até o ouves.
Ele: Quanto te tenho nos meus braços aperto-te com a força toda que tenho porque tenho medo de te perder.
Ela: Não vivo sem ti.

41 commentaires:

  1. Disse uma coisa assim bonita hoje, ao Rui *-*
    Gostei da imagem, esses óculos!...
    Muito obrigada pelo comentário <3

    RépondreSupprimer
  2. obrigada amor, tb gostei muito do teu !

    RépondreSupprimer
  3. que lindo isto também, e obrigada:)

    RépondreSupprimer
  4. Obrigada linda :)
    a ver se nos vemos *

    RépondreSupprimer
  5. obrigada querida. este post está lindo *.*

    RépondreSupprimer
  6. e também já vi que és teimosa...
    que lindo o post!

    RépondreSupprimer
  7. no no no! não tens que agradecer (:

    RépondreSupprimer
  8. Eu espero o mesmo querida. Muito obrigada mesmo :s

    RépondreSupprimer
  9. Muito obrigada. És linda, sabes? <3

    RépondreSupprimer
  10. ó ó! até parece.

    RépondreSupprimer
  11. Não tens que agradecer (:

    RépondreSupprimer
  12. Sou para quem o merece, sabes <3

    RépondreSupprimer
  13. ganhaste! não teimo mais xD

    RépondreSupprimer
  14. deixa mas é de ser teimosa :c

    RépondreSupprimer
  15. ohh, obrigada princesa <3

    RépondreSupprimer
  16. não tens que agradecer *.*

    RépondreSupprimer
  17. não tens nada querida :)

    RépondreSupprimer
  18. quando és muito teimosa não :c gosto mais quando concordas comigo (a)

    RépondreSupprimer
  19. Não consigo comentar no post acima :/ <3

    RépondreSupprimer
  20. verdade. no meu caso é sempre mesmo. bem, concordo mesmo com o teu post de hoje! sem duvida. ah e obrigada :)

    RépondreSupprimer
  21. Ora então faz favor de aproveitar o fim-de-semana! :D
    Beijocas ***

    RépondreSupprimer
  22. obrigada pelas palavras, uma simpatia. :)

    RépondreSupprimer

not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow