mercredi 21 décembre 2011



Volta, volta para o nosso abrigo, aquele que só nós conhecemos, aquele que deita mais lume para o nosso engenho. Volta que ele está quentinho e de braços abertos para ti. No silêncio da noite,  com a minha cabeça encostada no teu peito, tendo embalar-me no compasso do teu coração, no nosso silêncio mundo, mantendo os nossos corpinhos bem juntos, bem amarrados. Fintar os teus lábios, andar devagar com um ar de modo a me seguires com o teu ar de seduzido, fintar o teu olhar, pensar para nós como é bom estar assim, ao teu lado, a receber o teu calor humano. Como é bom estar no nosso cantinho, no nosso silêncio, a percorrer o nosso caminho. Deixar que as minhas mãos percorram o teu corpo, se deliciem com um simples toque arrepiante. Fazendo o jogo de morder os lábios, deitar-me ao teu lado e embalar-me no teu coração.


Sempre tua, S.

14 commentaires:

  1. obrigada Sofia, também gosto do teu <3

    RépondreSupprimer
  2. Adoro blog, esta lindoo *-*
    Vou seguir :)

    RépondreSupprimer
  3. De nada :)
    So disse a vdde :)

    RépondreSupprimer
  4. se calhar vou modificá-lo ;)

    RépondreSupprimer
  5. ai, que teimosa :c andas em constante mudanças aqui amor :b

    RépondreSupprimer
  6. eu sei que sou um pouco :p

    RépondreSupprimer
  7. shhh amor :o porque ainda à pouco tempo estava de uma forma, mas está sempre lindo :)

    RépondreSupprimer

not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow