jeudi 17 novembre 2011


“A memória é a nossa única verdadeira defesa contra a traição e o abandono. Tudo pode ser traído e abandonado menos a memória. É mais longa que a própria vida e é até mesmo mais verdadeira que qualquer outra verdade que temos como certa.”

5 commentaires:

not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow