mercredi 6 juillet 2011

1 ♥

Ainda me lembra, a primeira vez que te vi, foi através das grades da minha antiga escola a falar com as minhas amigas, estava a chegar de casa, de tomar banho e almoçar e olhei para ti e fiquei " que giro" e foste o único que até aos dias de hoje despertou essa admiração em mim, passo seguinte, pedi o teu número, e fui embirrar contigo porque tu e os teus amigos combinaram coisas com elas e depois não apareciam, de certa forma foi só uma maneira para falar contigo, e eu era vodafone, não gastava o dinheiro com ninguém mesmo e contigo gastei, mais que uma vez. Enquanto elas estavam ambas viradas para o teu amigo, eu até achava fixe, ser a única a dizer " ele é que é mesmo lindo " queria dizer que era só eu a ter interesse em ti, pelo menos entre elas, porque do resto eu não adivinhava, mas sempre pensei "oh ele não se vai interessar, ninguém interessa". Quando te vi no pavilhão ainda fiquei mais encantada, e quando vi que eras amiga do Nuno nem custou nada, bastou ir ao hi5 dele e estavas logo lá em primeiro nos amigos, pelos vistos já te tinha nos amigos e já me tinhas comentado uma vez, mas só agradeci, fui mesmo burra ahah. Lembra-me de marcar o primeiro encontro contigo, em que agora os 1 nos rimos a lembrar dele, estivemos quê? 3 horas juntos, ou 2h e tal  e juntando todos os momentos que decidimos trocar umas meras palavras dava por volta de meia hora, o resto estivemos sempre amarrados ao telemóvel, e com vergonha, e andamos tanto que ficas-te fodido dos pés e não disses-te nada ahah, e cada vez te achava mais lindo e mais lindo isso era impressionante, porque despertavas algo em mim, que era único e que mais ninguém conseguia fazer. Quando fui ter contigo ao bar da juventude e tu me pegaste ao colo até ao pavilhão eu entrei, e tava mesmo " oh sara, ele pegou-me ao colo, ai *-* ", eu não tomava banho, eu às vezes nem apertava os cordões, eu deixei de esperar pela sara, deixei de almoçar na escola, para ir tar contigo, saía à socapa das aulas de e.física para ir espreitar um bocadinho das tuas. Mordias-me com tanta força que me deixavas a cara negra e inchada, os meus pais até perguntavam o que era aquilo, e eu " nada ", nas aulas queria pousar a cara na mão quando apanhava seca e não podia porque me doía ao minimo toque, e as vezes que ao morder os nossos lábios se cruzaram, perdi a conta disso, continuo a dizer que foste tu que me beijas-te apesar de tu dizeres que fui eu, fomos os 1 e pronto, foi perfeito, apesar do que aconteceu aseguir, quando tavas a ir embora, eu percebi, e não me importei de correr meia avenida, eu que não corro para nada, atrás de ti, corri, abracei-te e beijei-te, porque era a ti que eu te queria, apenas a ti. A partir daí tudo foi perfeito e perfeito, nada tem palavras para descrever. A primeira vez que tu me disses-te o verdadeiro " Amo-te " eu já te amava à muito, mas mesmo assim, fiz-me de díficil e disse que era muito cedo, a sara dizia " és mesmo má diz lá ao rapaz que o amas oh " e eu dizia " não, tem que ser " porque tinha medo de o meu coraçãozinho se magoar, e tu sabes como ele é frio por vezes, agora não tanto, porque tamos sempre lá para o aquecer, como tu disses-te " já viste? eras um livro fechado e eu entrei na tua vida e abri-o completamente " não só abriste como o está a preencher aos poucos, com a melhor vida de sempre, essa vida é a tal que nós temos e ainda vamos ter melhor, são coisas nossas e só nossas. Só nós sabemos o quanto nos amamos e as loucuras que já fizemos por nós, e a maior prova de amor que considero que me deste foi teres-te atirado em pleno Inverno, às 6h da tarde, para a àgua fria do mar, só para provares o quanto me amavas, foi lindo, acredita que foi, cada lágrima deu para perceber, o quão grande era o que sentiamos por nós, neste momento só te posso estar grata por tudo o que fazes por mim, por tudo o que fazes e fizes-te para me fazeres, feliz, EU SOU A MULHER MAIS FELIZ DO MUNDO AO TEU LADO ♥ Partilhamos tudo, pode-se dizer que neste momento já tamos completamente entregues a nós, que a nossa únião é mais forte que tudo e que o nosso amor é o maior de todoooo o mundo, porque nós somos inteiramente e completamente 1, 1 pessoa, a pessoa mais feliz do mundo. Obrigada amor, obrigada por nos defendermos sempre de tudo e não querermos nada de mal para nós, obrigada por todos os momentos, não mudavamos nada, pois se tivessemos mudado algo, talvez agora não fosse assim. mais uma vez, Casas Comigo? ♥






9 commentaires:

not even for a second would I lie to myself. too many things are missing and there's a tear in my eye. it's not a question or an answer, but it will change your mind. we'll be the same tomorrow, we're dancin' as we borrow and sing a song for sorrow